segunda-feira, 11 de junho de 2007

Cadê?

Talvez se eu ouvisse sua voz mais uma vez...
Sentisse seu cheiro
Seu corpo junto ao meu
Suas mãos me acariciando
Meu olhar encontrando o teu

Talvez eu não me sentisse assim
Abandonada
Ou seria a palavra certa, descartada?

Talvez se eu realmente ouvisse sua voz mais uma vez
Meu vício aumentasse
Mas não canso de me perguntar
Cadê você quando eu preciso?
Cadê você quando eu te chamo?
Cadê você enquanto eu te amo
Escondida aos prantos
Sem poder gritar aos quatro ventos
Que você é quem eu realmente quero!

Na verdade
Eu acho que farei das palavras da pitty, as minhas:

' uma hora essa abstinência vai passar '

Um comentário:

Rafael Barbosa disse...

Pow, escrevo bem, mas nem tanto né? Pelo menos não tão bem quanto você.. mas como você disse, é melhor textos fracos e estar alegre, do que textos excelentes e estar triste.

Bjoooo!!