sábado, 23 de junho de 2007


Tão belo o amor


Traiçoeiro em seus momentos de solidão


Companheiro em seus momentos de felicidade


Incendiado por um simples beij0


Apagado por uma simples lágrima


Recuperado por um simples perdão


Recomeçado por um simples olhar


Oh!Tão belo é o amor...


Não te tira da minha cabeça


Não te liberta de tamanha prisão


Chamada coração


Que queima mas não arde


Que dói mas não se sente


Que ama, mas não odeia


Que sente, mas não demonstra


Que vive, mas quer morrer


Morrer apenas por você


Morrer apenas com você



Escuto sua voz


Meu coração se ilumina


Abre caminhos de luz


Para que eu vá ao seu encontro


E quando nos encontramos


Tudo muda


Tudo para


Tudo é nosso


E você permanece


Naquele momento eterno


Apenas meu!

5 comentários:

Red Letters disse...

Linda poesia, parabéns.

Visite o meu blog tb.

Abraços.

Lila Rose disse...

Escuto a sua voz
Meu coração se ilumina...

Ô sensação boa, não?

Eu tenho o privilégio de cultivar a taquicardia ao ouvir o meu amado... e olha que já faz seis anos!!!

Celebremos o amor, sim.

Bisous e um ótimo domingo.

Pk Ninguém disse...

Criativo e bem lírico, daria uma excelente música.

Zi disse...

Nossa! são lindos os poemas!!

vc q faz??

Grazi (mythings.blogger)

Rafael Barbosa disse...

A série eu não sei se vai estreiar no Brasil, nem quando, mas se for estreiar, vai ser no Warner.. eu acho, da tv a cabo.

Ela já ta na net se quiser baixar!

=)

bjo!